XV Congresso Catarinense de Cardiologia

Divisor de Título

CIRCUNFERÊNCIA BRAQUIAL DE ADULTOS JOVENS E TAMANHO DE BRAÇADEIRA ADEQUADA PARA MENSURAÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL

Fundamentos: A mensuração da pressão arterial (MPA) exige a utilização de braçadeira de tamanho apropriado à circunferência braquial (CB). A utilização do tamanho padrão de braçadeira (13x30cm) tende a superestimar a pressão arterial (PA) na CB maior de 34 cm e subestimar na CB menor de 27 cm. Métodos: Estudo observacional transversal e quantitativo, no qual 300 graduandos do curso de Medicina da Universidade Regional de Blumenau-SC foram selecionados aletoriamente e tiveram a CB medida, e foram coletados com autorreferência, peso, altura, idade e sexo. O projeto foi aprovado no Comitê de Ética em Pesquisa da FURB, sob o parecer de Nº 56685516.5.0000.5370. Resultados: Desta amostra composta de 300 adultos jovens, a idade média foi de 21,5 anos, o sexo feminino predominou com 64,7%. Em 49,7% a CB determinada foi menor de 27 cm sendo destes 91,3% do sexo feminino, e no outro extremo, 3% apenas tinham CB maior de 34 cm. A média da circunferência braquial dessa população jovem foi de 27,25cm. Todos esses resultados tiveram por base um intervalo de confiança de 95%. O IMC apresentou uma média de 22,6 kg/m² estando classificado na categoria de peso normal. O IMC apresentou diferença significativa entre os três grupos das medidas da CB, sendo que em menores de 27cm o IMC menor (20,62 kg/m²) e nos maiores de 34cm um IMC maior (30,14 kg/m²). Conclusão: conforme os dados obtidos nesta amostra, a utilização sistemática de braçadeira tamanho padrão na MPA em adultos jovens, principalmente em mulheres, geraria utilização de braçadeira de tamanho inadequado em 52,7% das pessoas, comprometendo a acurácia do método.

Autores: FLÁVIA MAESTRI NOBRE ALBINI, Flávia Maestri Nobre Albini, Vanessa Perez, Siegmar Starke